DEATHCLEAN® - O QUE FAZEMOS | Limpeza e Descontaminação

A limpeza de um local de Crime e Trauma está relacionada diretamente com a morte, o que para muitos ainda é um tabu, infelizmente para outros é algo que já experienciaram.

Mas, a maioria de nós, apenas só assiste na TV. Séries como por exemplo o "CSI" mostra-nos um pouco toda a atividade pós-morte existente. As forças policiais, os bombeiros, os investigadores e os médicos legistas estão presencialmente no local do incidente, avaliando a vítima, investigando o local, recolhendo as provas e no final efetuam a remoção do corpo. O que raramente é mostrado na TV é o que acontece depois disso: Todos os profissionais saem, deixando o local entregue à família, os familiares deparam-se então com um local ainda coberto de sangue, enfrentando uma perspetiva traumática de toda aquela cena. Pois algo que esses profissionais não o fazem, é limpar o local e todos os vestígios presentes! Remover os vestígios deixados por uma morte é da responsabilidade da família da vítima, assim sendo, são os membros da família que terão de efetuar a limpeza, uma tarefa quase inimaginável e traumática.

No final dos anos 90 nasceu nos Estados Unidos da América uma nova indústria com o nome Crime Scene Cleanup (Limpeza de Cenas de Crime). Atualmente chama-se CTS Decon (Descontaminação/Limpeza de Cenas de Crime e Trauma) - uma vez que a maioria dos casos ocorridos não são crimes mas sim suicídios, mortes naturais | acidentais e decomposições - Em Portugal o serviço surgiu em 2008, com a criação da DEATHCLEAN®.

Independentemente da causa, limpar o local depois de uma morte traumática não é apenas uma tarefa potencialmente horrível. Também exige um treino muito específico e um conhecimento especial para efetuar corretamente o trabalho, algo que é perigoso, cansativo e que pode traumatizar pessoas de "estômago fraco". Por norma a limpeza, desinfeção e restauração do local onde ocorreu o incidente demora em média várias horas, chegando normalmente a alcançar 1 ou mais dias de trabalho, um trabalho muito preciso, minucioso e cuidado, pois nenhuma prova, vestígio ou recordação do que se passou poderá ficar no local.

A desinfeção e limpeza de um local de crime ou trauma envolve a limpeza de locais de risco, contaminados biologicamente. A DEATHCLEAN® efetua a restauração do local, colocando tudo como estava previamente antes do incidente, poupando a família a essa traumática intervenção. Quando este tipo de situações ocorrem, o trabalho dos nossos técnicos é remover totalmente qualquer vestígio do que tragicamente aconteceu e todos os riscos biológicos presentes, o sangue, outros fluidos corporais ou tecido humano são considerados como uma perigosa fonte de infeção. É necessário treino e formação especial muito específica e vocacionada para este tipo de limpeza, para que em segurança se possa efetuar a recolha de todos os vestígios e verificar corretamente todo o local a restaurar. Todos os técnicos da DEATHCLEAN® possuem essas habilitações, certificações e uma ampla experiência para lidar com a limpeza destes cenários, pois só assim este tipo de serviço poderá ser efetuado com total garantia de sucesso.

O local onde ocorreu uma morte possui imensos perigos que pouca gente conhece ou está ciente do seu verdadeiro risco. Além do perigo existente na recolha dos resíduos de risco biológico, qualquer fluido corporal ou vestígio que fique "esquecido" devido à incorreta limpeza do local irá provocar, passado meses ou anos, graves problemas de saúde aos residentes da habitação. Todo o local deverá ser verdadeiramente limpo e não apenas aparentemente limpo.

Cada cenário, morte, local ou demais fatores, diferem de caso para caso, por muito que sejam similares todos eles diferem em vários pontos. A limpeza de um cenário violento, como por exemplo, nos casos de suicídios normalmente por arma de fogo, deixam no local uma imagem visivelmente perturbadora e traumática, existe imenso sangue no chão, paredes, teto e em todo o mobiliário existente, requer imenso tempo de limpeza, desinfeção e uma inspeção muito precisa e minuciosa de cada espaço, associado a todo este árduo e moroso trabalho está o fator psicológico que terá de ser emocionalmente estável para manter sempre o elevado grau de profissionalismo exigido, algo que não podemos pedir à família, pois se a mesma decidir efetuar a limpeza o seu lado emocional será o primeiro factor a surgir e todo o trauma associado à tarefa irá afetar para sempre o familiar exposto a tais condições.

Nos casos das mortes acidentais/naturais, intituladas decomposições, normalmente não existe tanto sangue presente nem projetado pelas superfícies, mas sim uma grande concentração de fluidos corporais, que por vezes poderá ser até mais chocante que nos casos de homicídios ou suicídios. Um corpo humano que esteve em decomposição vários dias, semanas ou até meses passa sempre por imensas transformações, após a morte o corpo entra em decomposição, liberta fluidos e um odor intenso que atrai imensos insetos. É um ambiente nada agradável, sendo que o pior é o mau odor proveniente da decomposição que mesmo após a remoção do corpo persiste com alguma intensidade, um cheiro muito característico. Um trabalho de limpeza e desinfeção seguido pela purificação e deodorização do local e por vezes de toda a habitação.

A garantia do sucesso deste serviço apresentado pela DEATHCLEAN® está na pioneira e certificada formação profissional que possuímos, na experiência e no cuidado para com cada cliente e em toda a atenção e apoio prestado aos familiares da vítima. Todos os nossos colaboradores analisam cuidadosamente cada caso de uma forma muito particular e cuidada, prestando sempre à família todos os esclarecimentos necessários. O nosso apoio é permanente e a nossa disponibilidade é imediata 24H por dia.